Tabagismo e a Saúde Bucal

Que o cigarro causa muitos problemas de saúde na população do mundo todo é um fato inegável.

Entre os diversos problemas que o hábito do fumo pode causar, estão os tumores cancerígenos de estômago, pulmão, faringe e boca. O câncer de boca, por menor que seja pode levar ao falecimento. Existem casos registrados de que câncer de boca, decorrente do uso de cigarro já fez muitas vítimas.

Não existe tratamento para diminuir os efeitos do cigarro.

Então o que vale é prevenir. O dentista deve sempre orientar seus pacientes a parar de consumir tabaco e nicotina. Os dentes amarelados e a halitose (mau hálito) não são os únicos problemas de saúde que o cigarro pode fornecer. O tabagismo dá ao usuário muios motivos para combater e/ou reduzir significativamente o fumo.

Entre os maiores problemas ocasionados pelo tabagismo, estão as inflamações periodontais. As placas bacterianas e o tártaro, muitas vezes levado à existência pelo hábito do fumo podem ocasionar inflamações na gengiva, nos tecidos que ligam os dentes aos ossos de suporte, prejudicando até mesmo essa estrutura óssea.

Ao prejudicar essa estrutura óssea, o indivíduo pode até mesmo perder um dente de forma efetiva. Mesmo o implante dentário é prejudicado para os fumantes, pois a resistência ao implante pode ser maior em decorrência do fato que a osseointegração (termo que define a junção do tecido ósseo com o implante) é prejudicada, já que o cigarro diminui a capacidade de restauração e cicatrização dos tecidos da boca.

Entre tantos problemas, o cigarro pode induzir ou causar agravamentos de inflamações periodontais já existentes, pois interfere na imunidade do corpo, tornando alguns medicamentos ineficazes.

Não existe uma evidência específica que alegue que o hábito do fumo causa cárie, contudo, o cigarro interfere nas glândulas que produzem saliva, e a falta de salivação adequada na boca, pode gerar cáries e mau hálito.

Entre tantos problemas, o tabagismo não acomete apenas aos problemas da inflamação periodontal, mas também atrapalha a higiene da boca, escurece a gengiva pelo uso da nicotina, e os dentes ficam mais sensíveis.

O cigarro oferece muitos malefícios à saúde bucal, é possível entre eles identificar alguns sintomas que informam ao nosso corpo que é hora de parar, os problemas como olfato e o paladar são dois deles, o cigarro faz com que as papilas gustativas e olfativas se retraiam, ocasionando a perda desses sentidos.

Para identificar com mais clareza os malefícios do cigarro na boca, e conseguir perceber se existe a possibilidade de você ter câncer de boca (Dentes, Gengiva, Lábios, Palato) existe um autoexame que é possível fazer em casa.

Obviamente, nada dispensa a consulta com um dentista, mas é possível perceber os seguintes sintomas:

  • Inchaços na boca ou pescoço, bem como regiões doloridas no momento da mastigação (de modo prolongado e constante).
  • Feridas na boca, que podem parecer aftas e que não cicatrizam por mais de 15 dias.
  • Placas avermelhadas e manchas na parte interna das bochechas, no palato, na gengiva, na parte interna dos lábios.
  • Lesões nodulares (caroços), que podem aparecer como um abscesso endurecido.
  • Regiões esbranquiçadas e falta de salivação.

Para prevenir os problemas periodontais e o câncer de boca, em decorrência do uso de cigarro, é indicado o corte absoluto do uso do tabaco e do cigarro, evitar ingerir álcool enquanto fuma, pois isso pode potencializar os malefícios do cigarro. E logicamente, fazer consultas periódicas com um dentista e ingerir alimentos saudáveis.

O tabagismo é um mal a ser combatido de forma veemente. É preciso que os profissionais da saúde criem mais campanhas de conscientização para definir métodos de atuação adequados para reduzir o consumo de tabaco e nicotina no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Seja Bem Vindo ao seu Dentista em Curitiba :)
Powered by