Dor de dente

A dor de dente tende sempre a piorar se não for tratada.

Dores localizadas em um determinado ponto, que passem de dois dias podem ser um grande problema gerado por uma simples cárie não tratada, essa por sua vez, resultado de má higiene bucal, ou ainda por inflamações e infecções, e traumas (Quedas e acidentes). A cárie é um pequeno buraco no dente que pode aumentar devido ao acúmulo de sujeira. Por isso deve ser tratada o quanto antes. Quando uma cárie não é tratada, pode chegar à raiz do dente, ao tecido nervoso presente dentro do dente, causar uma infecção e neste caso, será necessário um tratamento de canal.

O tratamento de canal é um procedimento que pode ser efetuado em duas ou três sessões com o dentista. Nesse processo, o profissional irá extrair o tecido nervoso do dente, retirando assim a infecção, efetuar uma limpeza profunda em todas as regiões próximas à infecção, e em seguida, efetuar a restauração, utilizando um tipo de cimento dentário para cobrir o espaço vazio interno do dente.

O tratamento de canal também pode ser utilizado nos casos em que a dor de dente for causa por traumas, como quedas e acidentes, no qual o contato com o dente prejudicou a estrutura óssea do lugar. Dentes quebrados e restaurados podem esconder um espaço para o acúmulo de sujeira, a cárie e a infecção. As dores de dente podem ser ainda causadas por gengivite e periodontite, nesses casos, existem outros tratamentos que podem ser utilizados.

A dor de dente tende sempre a piorar se não for tratada.

dor-de-denteDores localizadas em um determinado ponto, que passem de dois dias podem ser um grande problema gerado por uma simples cárie não tratada, essa por sua vez, resultado de má higiene bucal, ou ainda por inflamações e infecções, e traumas (Quedas e acidentes).
A cárie é um pequeno buraco no dente que pode aumentar devido ao acúmulo de sujeira. Por isso deve ser tratada o quanto antes. Quando uma cárie não é tratada, pode chegar à raiz do dente, ao tecido nervoso presente dentro do dente, causar uma infecção e neste caso, será necessário um
tratamento de canal.

O tratamento de canal é um procedimento que pode ser efetuado em duas ou três sessões com o dentista. Nesse processo, o profissional irá extrair o tecido nervoso do dente, retirando assim a infecção, efetuar uma limpeza profunda em todas as regiões próximas à infecção, e em seguida, efetuar a restauração, utilizando um tipo de cimento dentário para cobrir o espaço vazio interno do dente.
O tratamento de canal também pode ser utilizado nos casos em que a dor de dente for causa por traumas, como quedas e acidentes, no qual o contato com o dente prejudicou a estrutura óssea do lugar. Dentes quebrados e restaurados podem esconder um espaço para o acúmulo de sujeira, a cárie e a
infecção.

As dores de dente podem ser ainda causadas por gengivite e periodontite, nesses casos, existem outros tratamentos que podem ser utilizados.

O tratamento de canal pode variar muito seu custo, dependendo do procedimento a ser feito, da quantidade de dentes que necessita da operação, do trabalho do dentista, da intensidade da dor (que pode exigir um tratamento mais rápido que o convencional). É difícil custear um valor próximo, mas é bom esperar no mínimo 300 reais para fazer um tratamento de canal em um dente de fácil acesso. Os dentes localizados ao fundo da boca, possuem 3 raízes, e por isso exigem mais trabalho do profissional, e podem ter o custo maximizado.
A dor de dente pode ser considerada uma das dores mais intensas que o ser humano pode sentir, já que ela é constante e não apresenta melhora sem o devido tratamento.

Para minimizar o processo da dor existem algumas indicações caseiras e industriais.

Os medicamentos caseiros que podem ser utilizados são.

  • Água morna com sal:
    No caso de acúmulo de pus pela infecção, essa mistura pode ajudar a expelir o pus localizado e diminuir o inchaço, mesmo após o tratamento de canal.
  • Gelo:
    Em muitos casos, como em infecções internas ao dente, a dor pode se espalhar pela gengiva e pela bochecha, assim, o gelo retrai os vasos sanguíneos e diminui a sensação de pulsação da dor, causada pela grande quantidade de vasos sanguíneos no local.

É muito comum ver indicações como, óleo de cravo, mastigar alho, ou limpar o dente com água oxigenada. Isso não é indicado, pois pode piorar a dor, no caso de infecção.

Alguns medicamentos podem auxiliar a dor, como pomadas anestésicas, tal qual a xilocaína, ou remédios analgésicos como paracetamol, dipirona e nimesulida, em casos mais severos, medicamentos anti-inflamatórios como Ibuprofeno e naproxeno.

Todos eles tem custo baixo e médio, entre 5 e 50 reais. Em casos muito severos, seu dentista pode indicar o uso de Trometamol Cetorolaco (Toragesic) que é um anti-inflamatório com ação analgésica muito potente.

Em todos os casos, é preciso consultar um dentista ou um médico antes de tomar medicamentos por conta própria. A consulta periódica a um dentista é necessária para qualquer dor de dente que dure mais de 2 dias.

A limpeza e higiene bucal são cuidados preventivos essenciais para evitar qualquer dor ou desconforto.

O tratamento de canal é dolorido, mas essencial para evitar a perda do dente, e o dentista é sempre a melhor opção para cuidar da sua saúde bucal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Seja Bem Vindo ao seu Dentista em Curitiba :)
Powered by