Restauração de resina composta direta fotopolimerizável

Entre as principais queixas de paciente, está o seu sorriso afetado por algum dente danificado e uma das soluções mais conhecidas é a restauração de resina composta.

Essa danificação nos dentes pode ocorrer por diversas causas, como cárie, pequenas fraturas e/ou quebras do desgaste natural dos dentes e também por fungos.

O fato é que esses danos afetam diretamente a pessoa, pois o sorriso é uma forma de comunicação na sociedade e quando a pessoa sente vergonha do seu sorriso, as coisas podem ir de mal a pior.

Além disso, dependendo da causa desses danos, é possível contar com uma dor de dente, que também irá variar de intensidade.

Outras funções da nossa arcada dentária também são afetadas, como a própria mastigação.

No entanto, há um tratamento para resolver problemas como esse, chamado de restauração de resina.

Se você já comentou com seu dentista sobre isso, ele provavelmente lhe recomendou essa opção por conta de seus diversos benefícios.

Em seguida, veja mais o que é a restauração de resina composta e seus principais benefícios para a saúde:

Restauração de resina composta: o que é?

Para quem deseja entender mais sobre esse procedimento, a execução pode ocorrer somente em caso de:

  • Dentes afetados por cáries;
  • Fungos;
  • Outro tipo de dano.

A retomada da forma original do dente, seria o principal objetivo da restauração. Entretanto, caso haja problema de alguma função na arcada dentária, também ocorrerá a restauração.

Ou seja, a restauração de resina faz com que os dentes “voltem” ao normal, através de uma restauração.

A restauração de resina pode utilizar diferentes tipos de materiais, sendo eles:

  • ouro;
  • porcelana;
  • amálgama (uma liga de prata e outros metais);
  • e as resinas compostas.

Entre as opções citadas acima, falaremos mais sobre a restauração de resina composta, que é uma das opções mais populares.

Essa restauração combina bem com a cor natural dos dentes, especialmente em comparação a restauração de amálgama, por exemplo, que é consideravelmente mais escura.

Como o procedimento é realizado?

Antes de realizar o procedimento, é feito um protocolo de execução clínico.

Que conta com exame clínico, a análise facial, a confecção de modelos de estudo e a escolha do material restaurador mais adequado à situação.

Após esse protocolo, é possível começar e/ou agendar o procedimento de restauração.

Para começar o procedimento da restauração de resina composta, há a remoção da parte do dente que está danificada.

Logo após, a cavidade que fica no dente após a retirada é limpa, para que não haja nenhuma bactéria ou impureza no local.

Após a limpeza, essa cavidade é devidamente selada, sendo que as resinas compostas utilizadas na restauração são misturadas e colocadas nessa cavidade.

No caso da resina fotopolimerizável, são resinas compostas onde a mistura se endurece através de um aparelho, chamado de fotopolimerizador, que produz um grande raio azul.

Essa mistura endurece e se fixa ao dente, bastando que o dentista faça o polimento no dente que recebeu a resina.

O polimento é importante a fim de retirar todos os excessos de materiais que possam ser retirados para finalizar o procedimento.

É através do fotopolimerizador que é possível alcançar a mesma cor dos dentes naturais, e porque tantas pessoas optam por esse material.

Vantagens da restauração de resina composta

Em seguida, confira as principais vantagens ao se fazer o procedimento de restauração de resina composta:

Além da estética

A principal vantagem da restauração de resina composta está justamente no fato de se tratar de um procedimento que vai além da estética.

Com o tratamento, previne-se deteriorações maiores, especialmente no caso de cáries.

O dente danificado e a própria arcada dentária não irão sofrer com tanta sensibilidade, além disso irão recuperar as funções naturais, como a mastigação, fonética e na estabilidade dos dentes.

O tratamento vai muito além da estética quando se faz uma restauração de resina, mesmo que não seja necessariamente a composta.

Aspecto natural

A restauração de resina composta é conhecida justamente pelo seu aspecto natural, devido ao material na mesma tonalidade dos dentes do paciente.

As restaurações de ouro e/ou de amálgama chamam a atenção por seu brilho e também por sua cor.

A cor é significativamente diferente da coloração dos dentes, o que prejudica também o aspecto do sorriso, principalmente quando utilizadas nos dentes mais visíveis.

Desse modo, quando a pessoa sorri é capaz que outras pessoas percebam o procedimento que foi feito, não dando o aspecto natural desejado.

Aceitação no organismo

Há também há questão de aceitação no organismo, onde novamente a restauração de resina composta sai na frente.

É comum que restaurações de amálgama, especificamente, possam não ser bem aceitas no organismo.

Preço acessível

Realizar restaurações de resinas envolvem valores consideráveis, e a de resinas compostas também são mais acessíveis, em comparação as outras.

As restaurações de ouro, porcelana e amálgama podem ser consideravelmente mais caras, impactando na decisão no paciente.

Desvantagem da restauração de resina composta

Há uma principal desvantagem quando se trata de optar pelas resinas compostas: sua durabilidade.

As restaurações de resinas compostas podem variar em questão de durabilidade, durando no mínimo três anos até dez anos.

As outras restaurações contam com uma durabilidade maior, porém nenhuma é “para sempre”.

Todas as restaurações, independente do material utilizado, sofrem diversas pressões diariamente, assim correm o risco de trincar e danificar.

Por isso, é necessário ir ao dentista periodicamente e realizar a substituição quando considerado necessário.

Ou seja, é possível ocorrer danos, como também as restaurações se desgastarem naturalmente.

Novidades na restauração de resina composta

Atualmente, o desenvolvimento de novas resinas compostas vem proporcionando uma melhoria em diversas áreas.

Entre os aprimoramentos, estão as características mecânicas, que aumentam a resistência à abrasão e à compressão destes materiais. Além disso, também há uma baixa contração de polimerização.

Também há as melhorias com relação as características estéticas, que contam com diferentes graus de translucidez e opacidade.

Isso faz com que o aspecto natural seja ainda melhor, continuando com seus preços acessíveis e benefícios a longo prazo.

Por fim, verifique com seu dentista a possibilidade de realizar a restauração de resina composta e realizar o protocolo de execução clínico.

Entre em contato aqui e tire suas dúvidas.

Open chat
Olá, como podemos ajudar?