Acupuntura na odontologia: entenda os benefícios dessa terapia milenar!

Oriunda da Medicina Tradicional Chinesa a Acupuntura vem ganhado cada vez mais espaço na odontologia. Principalmente por suas propriedades anestésicas, além de outras centenas de benefícios para o corpo e mente.

Apesar do que você deve estar pensando, não é aplicada nenhuma agulha dentro da boca, apenas no exterior, como rosto, mãos etc.

Para entender melhor para que serve a acupuntura e como ela pode ser utilizada em consultas odontológicas para melhorar os resultados, continue a leitura até o fim!

Entenda o que é a Acupuntura e qual a sua origem

A Medicina Tradicional Chinesa, também conhecida como MTC, define-se como um conjunto de procedimentos milenares. Utilizados como tratamento complementar na área da saúde.

Entre eles está a acupuntura, que faz uso de pequenas agulhas para aliviar dores e tratar questões emocionais.

A Acupuntura é uma técnica terapêutica milenar de origem oriental, em que se acredita que o corpo possui diversos pontos de energias, chamados de acupontos ou pontos de acupuntura.

Os pontos de energia precisam estar em harmonia, caso contrário geram dor, ansiedade e cansaço. Os estímulos nessas regiões específicas ajudam a retomar o equilíbrio do corpo.

Esses estímulos podem ser feitos a partir de agulhas, ventosa, moxa, podendo, ainda, associar estímulos elétricos ou laser.

Ao inserir uma agulha em um acuponto, o corpo libera uma série de substâncias anti-inflamatórias, antiálgicas, ansiolíticas etc, para retomar o equilíbrio.  Além disso, tem uma ação moduladora sobre as emoções, sobre os sistemas endócrino e imunológico e sobre várias outras funções orgânicas.

Existem diversos estudos no Brasil e Exterior que comprovam a eficácia do método, principalmente em casos de dor.

Além disso, a Organização Mundial de Saúde redigiu um relatório que recomenda o uso de Acupuntura para mais de 200 doenças e sintomas. Como lombalgia, cefaleias, enxaquecas, náuseas e vômitos, rinite alérgica, depressão e ansiedade, efeitos colaterais da quimioterapia, apenas para citar alguns.

Aplicação da Acupuntura na odontologia

O reconhecimento da acupuntura como um método efetivo na medicina tradicional, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) se deu em 1979. Após isso, os profissionais de Odontologia começaram a realizar pesquisas sobre o uso da acupuntura na odontologia.

Mas somente em 2015 o Conselho Federal de Odontologia, inclui como uma especialidade no Brasil. Como forma de gerar novas oportunidades de trabalho para os cirurgiões-dentistas, bem como novas opções de tratamento.

Sobre o uso da acupuntura na odontologia, é importante ressaltar que se trata de um método alternativo e complementar. Ou seja, serve apenas como apoio aos tratamentos convencionais, e não os substituem.

A Acupuntura chama a atenção de diversos cirurgiões-dentistas por suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Além de utilizadas, antes, durante ou depois do tratamento, proporcionando maior alívio e sensação de bem-estar nos pacientes.

Usos da Acupuntura na odontologia

Apesar da sua aplicação na odontologia, não se utiliza nenhuma agulha no interior da boca. Apenas em regiões como rosto, mãos, braços, pernas e outras áreas que estimulem o sistema nervoso.

Acupuntura pode ser utilizada em diversos contextos, como por exemplo:

  • Em substituição da anestesia, durante o atendimento odontológico, comumente utilizado em Dentística, Endodontia, Periodontia e em Cirurgia.
  • Como suporte no tratamento da ATM (articulação têmporo-mandibular), do trismo (contratura dos músculos mastigadores), bruxismo (ranger de dentes), além de outras.
  • No alívio da dor no pós-operatório, além de ajudar a reduzir o consumo de analgésicos por parte do paciente.
  • Outro uso muito importante da acupuntura na odontologia está relacionado à sua ação antiemética, que controla o reflexo de ânsia e vômito tão comum em procedimentos odontológicos. Neste caso, a técnica empregada é a auriculoterapia – em que são aplicadas pequenas esferas em pontos específicos da orelha do paciente, atenuando a ansiedade e o estresse que podem se manifestar de forma intensa nesse caso.

Benefícios de utilizar acupuntura na odontologia

Agora que você já entendeu um pouco sobre a acupuntura e seu uso na odontologia, veremos alguns benefícios em aderir a prática em seu consultório.

Diminui o uso de anestésicos

Com a acupuntura conseguimos potencializar os efeitos da anestesia, fazendo com que ela tenha mais profundidade, ou seja, necessita de menor quantidade. O fluxo de energia da própria pessoa será otimizado, o que ajuda o sistema analgésico do próprio corpo e a capacidade de cicatrização do organismo.

Reduz o uso de medicamentos

Colabora para a diminuição do consumo de medicamentos, o que é especialmente válido principalmente para os idosos ou pacientes que, devido à sua condição de saúde, têm necessidade de consumir vários medicamentos, como os hipertensos, diabéticos, pacientes fibromiálgicos e outros.

Proporciona bem-estar e relaxamento

Além dos benefícios já citados, a acupuntura proporciona ao paciente uma sensação de bem-estar e relaxamento, o que ajuda a aliviar o “medo de dentista” que alguns pacientes possuem. Nada melhor que paciente sair do seu consultório com um sorriso mais bonito e ainda relaxado.

Conclusão

Por fim, a acupuntura é uma excelente aliada em diversos tratamentos na odontologia, que proporciona inúmeros benefícios, tanto para o paciente quanto para o próprio dentista. Porém, para que seja possível fazer o uso dessa terapia milenar em consultório, o dentista precisa ter especialização em Acupuntura.

A utilização na odontologia é bastante recente, por isso existem poucos profissionais trabalhando na área. Há aproximadamente 300 cirurgioes-dentistas habilitados em São Paulo. Nesse artigo você entendeu qual a aplicação da Acupuntura na odontologia, seus benefícios e um pouco da sua história. Caso tenha alguma pergunta ou sugestão pode deixar aqui nos comentários que iremos te responder o mais rápido possível.

Open chat
Olá, como podemos ajudar?